Entre os lagos e as montanhas da Inglaterra.

Agosto 31, 2016 § Deixe um comentário

“O recanto mais encantador que o ser humano já conheceu”. É assim que o poeta inglês William Wordswoth define o Lake District, a região de lagos e montanhas da Inglaterra. Localizada no extremo noroeste da Inglaterra a região que é o maior parque nacional do país possui aproximadamente 300 cidades e vilarejos envolvidos em uma paisagem notável com vales, grandes lagos, trilhas, ruínas da época do império Romano e as mais altas montanhas da Inglaterra.CumbriaO Lake District National Park, delimitado plea cor clara no mapa, faz parte do condado de Cumbria, noroeste da Inglaterra, quase na fronteira com a Escócia. A alta temporada é durante o verão, e é um destino de viagem para todos os gostos. A região fica repleta de visitantes em busca de atrações naturais como trilhas (ciclistas e andarilhos), escaladas, passeios de barco e caiaque, assim como atividades culturais incluindo museus, galerias, castelos e uma variedade de pubs e cervejarias.

A escalada é uma das inúmeras atividades ao ar livre na região. Nesta foto, estou no topo da Little Chamonix Shepards Crag, uma das rochas de escalada mais populares no Lake District.15Algumas cidades como Keswick (às margens do famoso lago Derwentwater), Windermere (às margens do maior lago da Inglaterra), assim como Ambleside e Kendal servem como ótimo ponto de partida para explorar o Lake District e oferecem uma variedade de lojas e restaurantes.1916Derwentwater pode ser um dos pontos de partida para explorar a região de barco.32Entre as inúmeras caminhadas pelas montanhas exuberantes, Walla Crag proporciona uma das melhores vistas da cidade de Keswick e do Derwentwater é  uma caminhada feita em aproximadamente 8km pelos campos íngremes do Lake District.13Castlerigg Stone Circle é o círculo de pedras construído cerca de 3.000 a.c. Era o local de reuniões e centro religioso de povos pré-históricos.DCIM100GOPROGOPR0245.Durante as caminhadas e escaladas, uma pausa merecida para um bolo de cenoura (carrot cake) e café.14No coração de Lake District, encontra-se o belo vilarejo de Grasmere, que é parada obrigatória para todos que visitam a região. Além do museu Dove Cottage, que é a casa aonde residiu o famoso poeta inglês William Wordsworth entre os anos de 1799 e 1808, encontramos a Grasmere Gingerbread shop, aonde se compra a iguaria local – o histórico e delicioso gingerbread (biscoito de gengibre). É considerada uma das receitas mais antigas do mundo datada em 1854 e inalterada ao longo dos séculos. Nada mais prazeroso do que degustar um gingerbread enquanto se caminha e admira a beleza das históricas ruelas do vilarejo. Segue o link da loja: http://www.grasmeregingerbread.co.uk/

O Scafell Pike (pico Scafell), montanha mais alta da Inglaterra com 978 metros de altitude também faz parte do Lake District National Park. A caminhada ao topo da montanha é modestamente desafiadora para os amantes da natureza e ar puro. Proporciona paisagens deslumbrantes com lagos formados pela água de degelo em meio as cadeias de montanhas e muitas ovelhas. Esteja preparado para a sua visita. É importante ter conhecimentos de navegação, ter em mãos mapa de papel e bússola, e todos os outros equipamentos necessários para uma caminhada segura.

Ao longo do caminho para o Scafell Pike, além do mapa e bússola, vamos marcando a trilha com pedras (em inglês denominado cairns). É uma técnica milenar para orientação e guia, certificando de que estamos na trilha correta.Attachment-1 (1)Scafell Pike, o mais alto da Inglaterra, feito!! As condições meteorológicas eram as piores…muito vento, chuva e neblina. Foram 17 km em 7 horas.17

By Patricia Uebe.

Na minha cozinha: Salada Grega.

Agosto 25, 2016 § 1 Comentário

Uma receita prática, saudável e deliciosa, preparada com ingredientes típicos da dieta mediterrânea. Excelente para os dias quentes no Texas: a salada grega.

A experiência de comer a salada na Grécia é incomparável, os ingredientes fazem toda a diferença, pois mesmo que você compre as azeitonas pretas de Kalamata e use um azeite grego, não irá conseguir o mesmo sabor dos tomates e queijos feta produzidos na Grécia.

Mesmo assim, mãos á obra, porque hoje me deu saudade da Grécia!

Ingredientes:

  • 02 tomates maduros cortados em fatias (1- 2 cm)
  • 01 pepino cortado em fatias (1-2 cm);
  • 01 pimentão verde cortado em tiras finas;
  • 01 cebola roxa pequena fatiada;
  • Azeitonas pretas;
  • Alcaparras;
  • 200 gramas de queijo Feta;
  • 04 colheres de sopa de azeite;
  • 01 colher de sopa de vinagre de vinho branco;
  • sal e orégano.

Na saladeira misture os tomates, pepino, pimentão, azeitonas, alcaparras, cebola e orégano. Caso queira, tempere com sal (eu geralmente não preciso do sal) e adicione o queijo feta. Antes de servir, tempere com o vinagre e o azeite.

2

1

Meu imã de geladeira comprado em Atenas com a receita da salada grega.

4

Foto feita no meu restaurante favorito em Atenas: O Thanasis. Além da beleza dos pratos, a culinária mediterrânea é saborosa, cheirosa e muito saudável.

By Patricia Uebe.

Monemvasia: a vila “invisível”.

Agosto 23, 2016 § Deixe um comentário

Monemvasia é um dos lugares mais encantadores que já visitamos. É uma ilha rochosa situada na costa leste do Peloponeso, na Grécia, e é ligada ao continente por uma pequena ponte, onde está a cidade de Gefyra.

mone1

mone2

Monemvasia vista de Gefyra.

mone5

Ponte que conecta a ilha ao continente.

Com aproximadamente 300 metros de largura e um quilômetro de comprimento, encontra-se a pequena cidade medieval de Monemvasia, em um planalto ao lado do mar e escondido do continente. Esta cidade é um museu vivo da história bizantina, otomana, e veneziana que remonta ao século 13. Carros não são permitidos, podem estacionar próximos a entrada, quem se hospeda no vilarejo precisa carregar as malas do carro até o hotel, por ruas de pedras e eventuais escadas.

mone3

Entrada do vilarejo. Não é permitida a entrada de carros.

A rua principal é cheia de bares, lojas de souvenirs e restaurantes com vistas magníficas do mar em seus terraços. Deve-se caminhar lentamente para admirar a beleza de todos os cantos e retroceder no passado. Ao final do vilarejo há um caminho que nos leva até o topo, a fortaleza e a cidade alta, atualmente abandonada. O pontos de vista que existem para o mar são indescritíveis.

13

As ruas são estreitas e só acessíveis à pé.

15

1614

1118

10

A gêmea Patricia.

9

A gêmea Martha.

Monemvasia parece um lugar encantado. É especial e mágico. A sensação de percorrer as ruelas e descobrir os cantinhos secretos entre as casas de pedras e ruínas junto à perfeição do mar azul jamais será esquecida.

By Patricia Uebe.

 

Enchanted Rock & Fredericksburg/Texas.

Agosto 22, 2016 § Deixe um comentário

A ideia era viajar para o Enchanted Rock State Natural Area, para um fim de semana de trilhas e escalada, e conhecer a pequena e histórica cidade de Fredericksburg, de colonização alemã, datada em 1846 e famosa por sua culinária e produção de vinhos!

1

1

Malas prontas para um fim de semana de aventura!

No coração do Texas, Fredericksburg fica entre San Antônio e Austin, a aproximadamente 382 km de distância de Houston.

2

A região é denominada Hill Country, famosa no Texas por causa de seus morros e montanhas. A paisagem é deslumbrante, repleta de rios, lagos e vinícolas que encantam qualquer viajante. Durante a viagem, e já nos aproximando de Fredericksburg, passamos por várias fazendas, ranchos, plantações de frutas e verduras orgânicas. O estilo de vida local é rústico – marca registrada do Texas. Interessante de se ver!

Começamos o sábado fazendo uma trilha de 6,5 km no Enchanted Rock State Park (em português: Parque Estadual da Pedra Encantada). O Parque fica dentro dos limites do Fredericksburg, 19 km ao norte da cidade. A rocha é a segunda maior formação de granito na América do Norte.

Uma parte da nossa trilha foi em chão de terra e a outra, por cima da rocha. O visual é inusitado e encantador, pedras com tamanhos diferentes tornam a região ainda mais exótica, e como fomos na primavera, o parque estava todo florido.

Saímos do Parque famintos, direto para o centro histórico de Fredericksburg. Na parte histórica da cidade fica a rua conhecida como main street (rua principal) mais movimentada e turística.

Os prédios antigos estão muito bem preservados e hoje alocam bares, restaurantes, sorveteria, lojas de vinhos (produzidos na região e abertas a degustação), cervejarias, vários antiquários, muitas lojinhas de roupas, decoração e acessórios de bom gosto. Os detalhes rústicos espalhados pela cidade eram tantos que a sensação era a de estar dentro de um filme faroeste!

0

(foto Wikipedia)

Entramos em uma loja super charmosa, chamada Rustlin Rob’s, de comidas gourmet texanas. Lá havia degustação de tudo, tudo mesmo! Pelo letreiro na frente já dizia muito… The Tasting Place (O lugar de degustação).

Podíamos experimentar e repetir quantas vezes quiséssemos, condimentos, geléias, fudges, queijos, doces, entre outros, todos feitos de forma artesanal. Sabores únicos e indescritíveis do Texas.

12

The Tasting Place ( O lugar de degustacao). O link da loja é esse aqui: http://rustlinrob.com e dá para fazer um tour virtual. Super interessante! 

 

17Impossível resistir e não sair de lá com a sacola cheia de produtos.

Para almoçar escolhemos o Fredericksburg Brewing Co. É um brewpub, ou seja, as cervejas são produzidas no próprio local. É considerado o mais antigo brewpub do Texas e as cervejas são indicadas como The best of Texas – as melhores do Texas. São realmente espetaculares, assim posso dizer!  Link – http://yourbrewery.com

18

Escolhemos uma para saborear e fizemos o menu degustação para experimentar as outras cinco cervejas. Eram seis tipos de cervejas e todas produzidas no próprio local!

O pub fica na Main street, em um prédio histórico datado de 1890. Possui um salão enorme, onde funciona o pub/restaurante e possui no segundo andar um Bed & brew, são doze quartos decorados de forma rústica.

Achamos interessante observar que as pessoas compravam cervejas e saiam andando pelas ruas do vilarejo (o que é proibido nos EUA). Na pequena e charmosa Fredericksburg é possível degustar cerveja ou vinho enquanto se caminha e admira as belezas do vilarejo texano.

Encerramos o nosso fim de semana nos aventurando nas rochas do Enchanted Rock State Park. Nosso domingo foi dedicado ao rock climbing (escalada na pedra).

19

2122

Como planejamos o fim de semana para trilhas e escalada, não deu para explorar muito Fredericksburg. Ficaria um dia inteiro na Main street, entrando em cada lojinha e descobrindo um pouquinho da cultura texana.

Há também vários museus interessantes, assim como a biblioteca bem antiga… Fredericksburg é definitivamente um lugar para retornar!

By Patricia Uebe

Sobre os prazeres da vida.

Junho 23, 2012 § 2 comentários

Nas entrelinhas da vida corrida há sempre um momento em que chamamos de nosso. Apenas nosso.

É o momento onde aprendemos a ouvir o silencio, a sentir a energia da vida sob os nossos pés. Momento onde nada é maior do que tudo aquilo que sentimos, vemos e de alguma forma tentamos retratar e transformar no nosso pequeno santuário para poder voltar quando tudo parece tumultado de novo.

E nos meus momentos de paz, há a fotografia. Há o prazer em retratar o belo, o perfeito, o que me faz feliz…

♥ Cada dia é unico e especial – e é a beleza dos seus detalhes que torna tudo ainda mais interessante…

Fotos feitas em Estocolmo, Suécia.
 Instagram @marthauebe

Receita do dia.

Junho 5, 2012 § 2 comentários

Mudei, mudamos! E por durante bons dias a minha vida resumiu-se em caixas para empacotar e desempacotar no melhor estilo after work. Nada de moleza aqui na Suécia.. somos nós que fazemos praticamente tudo dentro de casa!!

Para balancear o tempo sempre curto, é preciso simplificar. Encontrar e/ou inventar receitas fáceis de preparar sem deixar de lado o valor nutritivo da alimentação.

Essa foi a minha receita de hoje: salmão ao forno com crosta de gergelim servido com salada de aspargos. Extremamente saudável e low fat..

Querem a receita? Anotem:

  •  4 Filés altos de salmão, lavados e temperados com sal e pimenta do reino
  • Gergelim
  • Alecrim
  • Molho teriaki

Coloquei o gergelim em um prato e passei as postas de salmão (apenas um lado), apertando delicadamente para fixar bem o gergelim…

Aí foi só colocar as postas em um tabuleiro, temperar com o Alecrim e levar ao forno médio por aprox. 20/30 min ou até dourar…

Os aspargos foram cozidos no vapor e temperados com azeite e sal..

Receita aprovadíssima aqui em casa!! Ficou deliciosa servida com um fio de molho teriaki sob a posta de salmão..

Dica boa para dividir e colocar em prática!

Gamla Stan

Maio 10, 2012 § 2 comentários

E se essas paredes repletas de vida falassem? E se elas contassem as suas histórias os seus segredos – o seu passado?

Andar por essas ruas em tardes ensolaradas de primavera é um privilégio que faz bem ao corpo, alma e coração…

Fotos: Gamla Stan, Stockholm.
Instagram @marthauebe